ÁREAS DE FORMAÇÃO ESIC

AGENDA DE EVENTOS

ESIC NEWS

  • Perfil etário do empresário brasileiro
    Perfil etário do empresário brasileiro

    Segundo levantamento do IPEA entre 2001 e 2013, o perfil do empresário brasileiro registrou forte tendência de mudança no período analisado, o que certamente gera grandes impactos em metodologias de vendas e marketing. É, particularmente, muito expressivo o aumento no número de donos de negócio com idade mais avançada: 39% de aumento entre aqueles com mais de 60 anos e 48% de aumento entre 50 e 59 anos. Isso significa que os negócios brasileiros estão sendo tocados, em geral, por pessoas com maior experiência, acompanhando o envelhecimento da população. Por outro lado, diminuiu consideravelmente o número de empreendedores jovens, com até 19 anos (queda de 23%), de 20 a 24 anos (queda de 15%) e de 25 a 29 anos (queda de 11%). No período, o número de donos de negócio aumentou, no geral, em 15%, passando de pouco mais de 20,4 milhões de pessoas em 2001 para 23,55 milhões em 2013. A maior parte dos donos de negócio continua sendo na faixa de 30 a 39 anos (crescimento de 4%, abaixo da média do período) e de 40 a 49 anos (crescimento de 17%, pouco acima da média). Um fenômeno apurado pelo IPEA, embora não diretamente relacionado à pesquisa, mas que certamente causa impacto no menor número de jovens empreendedores é o chamado grupo “nem nem nem”, jovens de 18 a 24 anos que nem estudam, nem trabalham, nem procuram emprego, que cresceram 128,5% no período. No entanto, apesar da queda expressiva entre donos de negócio mais jovens, a Taxa de Empreendedorismo Inicial (TEA, do inglês Total Early-Stage Entrepreneurial Activity) é mais alta entre os jovens de 18 a 24 anos, de 22,2%. Como a TEA aponta aqueles que, mesmo que não tenham um negócio próprio, tomaram alguma ação, nos últimos 12 meses, para começar sua própria empresa, pode-se inferir que muitos jovens do grupo “nem nem nem” estão, de fato, mais interessados em empreender do que candidatar-se a uma vaga de emprego.

  • Inscrições para o FIES do 2º semestre de 2015
    Inscrições para o FIES do 2º semestre de 2015

    Inscrições para o FIES vão de 3 a 6 de agosto As inscrições para o FIES - Financiamento Estudantil, deste segundo semestre de 2015 serão abertas na segunda-feira, dia 3 de agosto e os interessados deverão se inscrever somente através da internet: http://sisfiesportal.mec.gov.br O prazo para inscrição é muito curto, pois na quinta-feira da mesma semana, dia 6, as inscrições são encerradas, então é bom providenciar sua inscrição no programa o quanto antes, pois quem deixar para a última hora poderá não conseguir. O edital já foi lançado, sendo publicado no Diário Oficial da União na última segunda-feira (27), trazendo todos os detalhes. No dia 10 de agosto será divulgado o resultado referente à pré-seleção e será em chamada única. E é preciso ficar muito atento à divulgação deste resultado porque os candidatos pré-selecionados terão que voltar à internet para concluírem a sua inscrição. Somente depois disto, é que o processo estará realmente concluído. Os candidatos que ficarem de fora da lista pré-selecionada ficarão em uma outra lista, de espera e caso haja novas oportunidades eles poderão ser convocados. Renato Janine, Ministro da Educação, informou no último mês de junho que, para esta edição do FIES, serão oferecidas ao todo 61,5 mil vagas. A prioridade desta vez será para os cursos das seguintes áreas: Engenharia; Saúde; Formação de professores para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste (exceto o Distrito Federal). Para o segundo semestre de 2015, o FIES já conta com novas regras, sendo que agora os candidatos serão selecionados de acordo com a nota do ENEM e a taxa de juros passa a ser de 6,5% ao ano. Cada candidato só pode se inscrever para um curso e para um turno de graduação entre os que estiverem oferecendo vagas. É possível alterar essa opção depois, desde que seja durante o período de inscrição. Para se inscrever, o estudante não pode ter concluído o curso superior e é preciso que tenha realizado o ENEM a partir de 2010, atingindo uma nota média a partir dos 450 pontos sem ter zerado a redação. O estudante também deverá comprovar renda familiar per capita mensal de, no máximo, 2,5 salários mínimos.

  • O curso de Tecnologia em Gestão Comercial
    O curso de Tecnologia em Gestão Comercial

    Não importa de que ramo, uma empresa serve, basicamente, para conectar produtores de bens e serviços a seus clientes. Ou seja, para ligar a oferta à demanda. Por isso, o profissional de gestão comercial tem um caráter fundamental em qualquer organização, pois cuida de toda a ponta da oferta do negócio. Quem deseja ser um bom gerente comercial tem um ótimo curso à sua disposição: Tecnólogo em Gestão Comercial, um curso superior com duração de dois anos e que é oferecido pela ESIC Business & Marketing School, uma das faculdades com maior tradição em gestão no mundo inteiro. O curso de tecnólogo é ideal para quem deseja ter conhecimento para atuar na área mas não dispõe de tempo ou dinheiro para investir em uma graduação convencional. Ele é especialmente indicado para profissionais que já atuam com vendas e estejam à procura de aperfeiçoamento ou aprofundamento de seus conhecimentos, com foco para o mercado de trabalho. A função específica de um Tecnólogo em Gestão Comercial é a de planejar a venda de produtos, para gerar maior rentabilidade à empresa. Este profissional é responsável por gerenciar equipes de vendas, definindo estratégias e locais de vendas. Também vai em busca de clientes em potencial e deve entender de assuntos como marketing, logística, economia e tributação. Também fica capacitado para intervir em transações comerciais, para determinar o preço final do produto ao consumidor, dentro dos objetivos da empresa. O Tecnólogo em Gestão Comercial pode exercer as funções de gerente comercial, de vendas, de compras, de crédito, além de consultoria de vendas e outros cargos relacionados à área comercial. Por ter tanta utilidade dentro da empresa, acaba sendo uma peça chave em época de crise, como a que enfrentamos atualmente no país. Quem fizer um curso de Tecnólogo em Gestão Comercial pode, também, trabalhar como autônomo, aumentando ainda mais suas possibilidades de se manter ativo, mesmo que não esteja incluído no mercado de trabalho. O profissional pode prestar consultoria para pequenas e médias empresas, ou até mesmo gerir um negócio próprio. Todos esses fatores fazem com que a escolha por um curso Tecnólogo em Gestão Comercial seja atualmente uma das melhores escolhas para o estudante que deseja uma boa colocação na área comercial.

  • A importância de uma formação internacional
    A importância de uma formação internacional

    Você sabia que a formação internacional pode representar a diferença na sua carreira profissional? O mercado está competitivo e uma experiência diferenciada no exterior, no seu currículo, pode ser uma grande vantagem em relação aos seus concorrentes. Além da experiência e da aprendizagem, a formação internacional proporciona uma bagagem de conhecimento e cultura, para vida pessoal e profissional. O que é a formação internacional?  É um curso de graduação ou pós-graduação que é oferecido por uma universidade que faz parceria com uma Instituição que está localizada em outro país, ou com campi no exterior. Assim, como resultado, o diploma do curso é reconhecido em outras partes do mundo, não só no país de origem da instituição. Desta forma, o estudante, além de ter uma formação mais ampla, com uma experiência única com culturas e valores diferentes, fluência do idioma, entre outros, pode também assumir postos profissionais em outros países. A organização onde este profissional trabalha também ganha. O contato com uma cultura diferente, além da possibilidade de ficar fluente no idioma, auxilia no dia a dia da empresa, melhorando os resultados e gerando mais oportunidades de negócio. No mercado atual, os profissionais devem procurar ser competitivos, gostar de desafios, investir em novas experiências, ou seja, procurar diferenciais para o currículo, não só para conseguir um bom emprego, mas, também, para alcançar um cargo ou uma posição nova na empresa. As organizações estão buscando por pessoas que não tem medo e, sim, coragem para enfrentar desafios, que são constantes no mercado profissional. Assim, os candidatos devem estar por dentro do que as empresas buscam nos processos seletivos para suas vagas, pesquisar, estudar e investir em uma formação diferenciada como a internacional, por exemplo, que representa um bom upgrade para a carreira e também para a vida pessoal. Que tal ter uma experiência internacional em seu currículo? Então venha conhecer a ESIC Business & Marketing School, faculdade internacional de negócios com campi e parceria em outros países e que oferece módulos internacionais em seus cursos de graduação e MBA.

  • Técnicas de Gestão de Custos
    Técnicas de Gestão de Custos

    Além as diferentes prioridades às quais uma empresa deve estar atenta, como a clientela, prazos apertados e regulamentação, o controle de custos tende a ser a maior preocupação da empresa. Em meio a uma crise, a atitude inicial de muitos empresários é cortar custos, sem muito planejamento, porém os resultados da manipulação dos recursos da empresa sem precauções pode ser indesejável. O gerenciamento ideal de custos é aquele que, além das vantagens econômicas para a empresa, aumenta a eficiência desta em seus mais diversos níveis. E deve ser realizado sempre, mesmo que o mercado não esteja em recessão. O principal conhecimento que um gerente deve ter é dos custos que compõem todo o seu projeto ou departamento, para fazer cortes nas áreas certas, e assim não prejudicar o seu andamento ou sua qualidade. A opinião de um profissional que estuda o histórico da empresa e revê situações similares pode ajudar a escolher o tipo de saída ideal para a sua empresa. Basicamente, as técnicas e métodos que podem ser utilizadas para apurar os custos de uma organização são as seguintes: determinação do fluxo de custo de produção, onde se mapeia toda a rede de distribuição, do fornecedor ao cliente, passando pelo transporte e processo fabril, quando houver; cálculo do custo unitário de produção, onde, a partir da determinação do fluxo, mapeia-se o custo unitário de acordo com a demanda; análise dos componentes do custo unitário, onde se verifica o impacto de cada custo na produção de uma única peça, possibilitando ao gestor visualizar as áreas onde pode-se obter maiores ganhos ao cortar custos; determinação de mark up: com todos os custos calculados, estabelece-se um markup ideal para que a empresa obtenha lucro suficiente para remunerar bem seus sócios e acumular caixa para financiar seu crescimento. O mark up deve levar em conta os preços da concorrência. Quando usamos essas técnicas em conjunto, podemos ter uma base bem mais  aproximada do cenário atual em que a empresa está inserida. Com elas, pode-se, também, estimar os custos futuros da empresa. Ao contrário do que algumas pessoas possam imaginar, fazer estimativas não é adivinhar ou prever o futuro, mas traçar expectativas com base no perfil da empresa. O uso de expectativas pode auxiliar o gestor a analisar e esgotar todas as possibilidades que possam acontecer em seu departamento e, assim, planejar melhor as saídas para cada cenário previsto. Assim como as ferramentas de planejamento de gastos, igualmente importante é o acompanhamento e controle dos gastos. É necessário acompanhamento minucioso de cada gasto da empresa para que altas variações possam prejudicar o andamento do negócio. Qualquer desvio no orçamento deve, antes, ser discutido pela equipe. Agindo assim você poderá antecipar dificuldades e gerar ações antes do problema surgir. Neste momento de crise, o planejamento e acompanhamento dos custos deve ser prioridade nas empresas que desejam superar a instabilidade econômica da melhor forma possível, evitando surpresas desagradáveis. Quer aprender a gerir custos? O aluno ESIC do Curso Superior em Gestão Financeira tem a disciplina de Gestão de Custos em sua grade curricular.

  • O que se aprende na disciplina de Gestão Fiscal e Tributária
    O que se aprende na disciplina de Gestão Fiscal e Tributária

    A disciplina Gestão Fiscal e Tributária é ampla e vai muito além de registros de notas ou guias para recolhimento de tributo. Além de proporcionar uma base para o profissional atuar nessas áreas, o conteúdo também contempla dados de compra, vendas, apuração de estoque, informações para Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Jurídica, tudo isso para diferentes modalidades de tributação: simples, lucro real ou lucro presumido. Em relação ao setor fiscal, a área abrange itens como escrituração do livro de prestações de serviços, elaboração de livros de entrada e de saída, apuração de cálculo de imposto, obrigações fiscais acessórias, revisão de notas fiscais de entrada relativo à importação, entre outros assuntos. Além disso, a disciplina visa fazer a identificação dos procedimentos e controles da gestão de tributos, identificar as diferentes formas de cálculos que existem e suas técnicas. Por meio da matéria Gestão Fiscal e Tributária, também, será possível conhecer e dominar os conceitos e informações do ambiente empresarial, além de possibilitar questionamentos relativos da área. Você sabe por que a disciplina é importante para empresa? A gestão tributária é uma das mais complexas que existem, uma vez que no Brasil há vários tipos de impostos, tributos, tarifas, taxas, entre outros custos. Devido ao grande volume de informações, dados, legislação e normas diversas, as empresas tendem a ter dificuldade para planejar e organizar uma rotina relacionada à gestão de tributos. Por isso, é fundamental que tenha no mercado corporativo profissionais que tenham habilidade e conhecimento na área. A diferença em custos pode ser muito grande. Desta forma, a disciplina busca facilitar o dia a dia das organizações, de forma prática e simples, para quem gosta de mexer no setor de tributos e fiscal. Portanto, a disciplina visa aliar à teoria a prática. O aluno ESIC Business & Marketing School do Curso de Tecnologia em Gestão Financeira tem a disciplina de Gestão Fiscal e Tributária em sua grade. Veja nosso conteúdo programático: CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1.      Sistema Tributário Nacional 1.1.   Impostos, Taxas e Contribuições 1.2.   Competência de Tributação 1.3.   Federal 1.4.   Estadual 1.5.   Municipal 2.      Fator Gerador, Base de Cálculo, Alíquota e Generalidades 2.1.   IPI, ICMS, ISS, PIS, COFINS, IPTU, IPVA, ITCMD, ITR, ITBI, IOF, IRRF, IRPJ, CSSL, Imposto de Importação e Imposto de Exportação 3.      Tributação sobre o Lucro 3.1.   Lucro Real 3.1.1.     Despesas Dedutíveis e não Dedutíveis 3.1.2.     LALUR 3.2.   Lucro Resumido 3.3.   Lucro Arbitrado 3.4.   Simples 4.      Modalidades de Pagamento 4.1.   Substituição Tributária 4.2.   Retenção na Fonte 4.3.   Declaração e Recebimento 5.      Incentivos Fiscais 5.1.   Isenção 5.2.   Suspensão 5.3.   Diferimento 5.4.   Redução na Base de Cálculo ou Alíquota 5.5.   Manutenção do Crédito 5.6.   Crédito Presumido 5.7.   Dilação de Prazo de Recolhimento 5.8.   REFIS 6.      Impostos Cumulativos e não Cumulativos 6.1.   Análise dos Tributos na Formação de Preços e Custos 7.      Encargos Sociais 7.1.   INSS 7.2.   FGTS 7.3.   Outros 8.      Obrigações Acessórias 8.1.   SPED 8.2.   Formulários 9.      Planejamento Tributário 9.1.   Elisão Fiscal x Evasão Fiscal 10.  Contencioso Fiscal e Fiscalização 10.1.     Notificação 10.2.     Auto de Infração e Penalidades 10.3.     Recursos Administrativos e Judiciais

  • Fazer curso superior é investir em mudança de vida
    Fazer curso superior é investir em mudança de vida

    Atualmente, a competitividade do mercado de trabalho, acaba gerando uma exigência bem maior da formação dos profissionais. Antes, o profissional que se formava no nível médio poderia conseguir uma colocação razoável no mercado, sem maiores preocupações com o prosseguimento dos estudos. Essa realidade mudou. Atualmente investir em um curso superior é essencial para quem deseja mudar de vida. E nem sempre é necessário investir muito dinheiro. As instituições particulares recebem incentivo do governo para participar de programas como o Fies (Financiamento Estudantil), para que mais pessoas com menos condições tenham acesso ao nível superior de ensino. Há, também, bolsas e auxílio moradia para estudantes que vem de fora. Na ESIC Business & Marketing School, podemos dar toda a orientação ao aluno para obter financiamento e indicar os melhores pensionatos da cidade. O principal incentivo para fazer uma faculdade com o objetivo de vida é que cada vez mais paga-se melhores salários para funcionários com diploma de conclusão de nível superior. O Brasil é um dos países que mais valorizam e remuneram melhor esse perfil de profissional. Se você já possui uma colocação no mercado de trabalho, um diploma de nível superior pode lhe oferecer uma melhora em sua posição dentro da sua empresa ou mesmo portas abertas para melhores oportunidades em outras. É inegavelmente uma das melhores opções para quem deseja "turbinar" a carreira, ou mesmo mudar de área. Lembre-se: quanto maior seu nível de estudo, mais competitivo seu perfil será e mais valor a empresa verá em você. Ter um curso superior atualmente pode ser pré requisito básico para a obtenção ou manutenção da vaga em algumas empresas. Se fatores financeiros não lhe incentivam muito, o ensino superior pode ainda mudar a sua vida de outra maneira: o contato com pessoas de culturas diferentes, a exposição a outros estilos de vida e experiências diferentes pode mudar completamente seu modo de enxergar o mundo. Inegavelmente, cursar o nível superior de ensino trará mudanças significativas em sua vida profissional e pessoal. Basta perceber o que mais lhe motiva e escolher a área ideal para entrar no mundo dos graduandos. Como atesta Marcel Rosa, Tecnólogo em Gestão Comercial pela ESIC, "meus 15 anos de experiência em vendas não teriam o mesmo valor sem a graduação. Imediatamente após a formatura, já fui chamado para trabalhar como supervisor comercial em uma grande empresa." Crédito da foto: Caliber Roofs

  • Novas regras do FIES para o 2º semestre de 2015
    Novas regras do FIES para o 2º semestre de 2015

    Você está pleiteando uma vaga nas universidades do país? Então fique atento, porque já foram publicadas as novas medidas sobre o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) 2015. O documento já foi divulgado por meio do Diário Oficial da União (DOU). Segundo as novas regras para o FIES, a prioridade de oferta de vagas será para as regiões Norte, Nordeste e Centro Oeste. Além disso, também haverá prioridade para carreiras nas áreas de engenharia, saúde e formação de professores. Outra mudança estabelecida pelo documento foi a prioridade para os cursos que tenham nota entre 4 e 5 nas avaliações feitas pelo MEC. E quem determina o número de vagas é o governo, não mais a instituição. Os juros para contratar o FIES passam a ser de 6,5% ao ano e a renda mensal familiar bruta deve ser de, no máximo, 2,5 salários mínimos por indivíduo. Além disso, para fazer parte do programa estudantil, os interessados não devem ter concluído outro curso de nível superior, devem ter realizado a prova do Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM), a partir do ano de 2010, além de ter conseguido uma nota superior a 450 pontos e não ter zerado a redação. As mudanças no programa só valerão para os próximos contratos. O prazo para pagamento do contrato também teve mudanças. Até o ano de 2010, o valor era duas vezes a duração do curso. A partir das alterações mais recentes, o prazo passa a ser três vezes a duração do curso. A reformulação no programa FIES ocorreu porque teve crescimento de forma exponencial e o MEC também precisou fazer cortes no orçamento e buscar medidas estratégicas para se ajustar diante dos ajustes fiscais que se viu obrigado a realizar. Para este ano, o orçamento do programa era de R$ 2,5 bilhões, valor que foi aplicado somente nos contratos do primeiro semestre.

  • A importância do Curso de Tecnologia em Gestão Financeira
    A importância do Curso de Tecnologia em Gestão Financeira

    A carreira de Gestão Financeira está em alta neste ano de 2015. Especialmente com crise, inflação e cenário interno e externo incertos, um profissional com esta formação se torna ainda mais importante. Vamos entender agora que motivos levam esse curso a ser importante para o mercado. Confira: O Tecnólogo em Gestão Financeira trabalha diretamente com o planejamento financeiro de uma organização, bem como na aplicação de recursos e captação dos mesmos. Isso por si só já explica a importância que este profissional tem para o mercado, em especial nos momentos de crise. Afinal, quem melhor do que ele para saber o que fazer? Entre as principais atribuições ou responsabilidades deste profissional, podemos chamar a atenção para os seguintes pontos: análise do mercado, acompanhamento de faturamentos, mudanças que gerem determinadas alterações no desempenho da economia da empresa, acompanhamento dos fluxos de caixa, avaliação e manutenção de estoques, análise de demonstrativos contábeis e também de créditos. Ou seja, o Tecnólogo em Gestão Financeira é responsável pelo “coração” de uma empresa. Qualquer coisa que tenha relação com o caixa da companhia deverá passar por ele. Que tipo de cargos este profissional pode ocupar? São várias as funções em que o Tecnólogo em Gestão Financeira pode atuar. Porém, entre os que mais se encontram em evidência temos os de consultor do mercado financeiro, assessor, analista e até mesmo assistente. Instituições de crédito, bancos, corretoras de valores e empresas de qualquer porte estão entre suas principais linhas de atuação. Os profissionais interessados em atuar nessa área precisam passar um curso que dura em média 2 anos. Um bom tempo para quem gosta da área. Por outro lado, ainda ganha o reforço de ser uma profissão importante para o funcionamento das empresas. Venha conhecer o curso de Tecnólogo em Gestão Financeira da ESIC Business & Marketing School, a melhor Escola Internacional de Negócios. Aqui, você terá contato com professores que trabalham na área e dominam a teoria, para sua formação completa.

  • ESIC Business & Marketing School, a melhor faculdade interna
    ESIC Business & Marketing School, a melhor faculdade interna

    ESIC é referência em dezenas de prêmios internacionais na área de negócios Se você está pensando em ser executivo, é importante cursar uma graduação, pós-graduação ou seu MBA em uma boa faculdade, tanto para adquirir conhecimentos avançados e estabelecer networking como para ter um currículo respeitado, com uma instituição renomada na sua formação. Nós da ESIC Business & Marketing School levamos isso muito a sério. Tanto que nos esforçamos ao máximo para ser a melhor faculdade internacional de negócios com campus no Paraná. Aliás, não só nos esforçamos como atingimos este mérito. E não somos nós que estamos dizendo. São instituições sérias, renomadas, especializadas em avaliar as várias instituições de negócios ao redor do mundo. Um exemplo é a Revista América Economia, que avalia as melhores faculdades de negócio do mundo levando em conta diversos fatores, como número de professores com PhD, salários médios obtidos após a conclusão do curso e prestígio, dentre outros. No ranking, dominado, no topo por universidades tradicionalíssimas como Harvard Business School, Stanford Graduate School of Business e London Business School, a ESIC aparece numa respeitável 12ª colocação global, o que a destaca como a melhor faculdade internacional de negócios com campus no estado. Outro exemplo é o relatório QS Global 200 Business School Report, um levantamento feito entre 4318 empregadores que normalmente contratam pessoas que cursaram MBA. No relatório, a ESIC aparece como a 23ª faculdade de negócios em reputação entre os empregadores de toda a Europa, classificando-a como uma “Emergente Global”, ou seja, uma faculdade capaz de selecionar alunos ao redor de todo o mundo e capaz de fazê-los gerar resultados em ambientes altamente competitivos. Estes números são reforçados pelo fato de que a ESIC ganhou destaque em itens como liderança, marketing e responsabilidade social entre os empregadores. Isso sem contar inúmeros outros prêmios, como Melhor Curso de Administração do Estado do Paraná, concedido pelo MEC, as notas máximas obtidas pelos alunos em avaliações dos cursos da instituição e mais de 50 outros prêmios internacionais. Com currículos similares aos adotados nos campi espanhóis, o aluno ESIC pode ter a certeza de obter uma formação internacional, com o que há de melhor, no mundo, em administração e marketing.

  • Pós-graduação turbina salário
    Pós-graduação turbina salário

    Quem deseja investir em uma pós graduação deve saber que o investimento em tempo e dinheiro é alto e que a dedicação a esses cursos também não deixa a desejar. Mas, mesmo com essas exigências, os cursos de pós graduação são bastante produrados pelos brasileiros, pois são excelentes aliados de quem deseja turbinar a carreira profissional. Para começar, um funcionário que investe em um curso de pós graduação mostra para a empresa para a qual trabalha que está engajado em sua carreira e que deseja estar atualizado em relação ao mercado. Os cursos de pós graduação abrem portas para quem deseja os postos de comando mais altos das corporações, onde estão os maiores salários e melhores oportunidades de ascensão da carreira. Pesquisas recentes apontam o retorno que um curso de pós graduação dá aos profissionais. Segundo os resultados, a cada ano de estudo a mais, a renda do trabalhador cresce em média 15%. Um incentivo e tanto não? Entre os trabalhadores que possuem pós graduação, o salário chega a ser 47% maior do que os que possuem somente a graduação. Mas antes de sair se matriculando em qualquer curso, pensando somente no salário, os especialistas incentivam os profissionais a escolherem uma área pela qual realmente se interessem e que possa trazer benefícios reais ao trabalho. Deve-se levar em conta seus talentos pessoais e sua vocação. Os cursos também variam de tempo de acordo com o foco: se a pós graduação for acadêmica, ou seja, voltada para a área de educação, o tempo de estudo acaba sendo maior e os ganhos salariais podem demorar um pouco para chegar. Já as pós graduações estilo MBA (cursos que são uma das especialidades da ESIC Business & Marketing School, que é, orgulhosamente, uma das melhores instituições do mundo nesta modalidade), que tem foco no mercado de trabalho, acabam tendo resultados mais rápidos. É importante, portanto, saber qual o foco de sua carreira, para escolher corretamente a pós graduação e a linha de pesquisa que irá traçar. Lembre-se, a pós graduação é a continuação dos seus estudos. E, por isso, deve ser encarada com a mesma seriedade da graduação.

  • Por que cursar uma faculdade de renome?
    Por que cursar uma faculdade de renome?

    Na hora de escolher uma faculdade para cursar, diversos fatores devem ser levados em conta, mas o principal deles com certeza é o nome da instituição.  Muitas empresas, ao recrutar os candidatos, levam muito em conta o nome da universidade em que este se formou. Isso não é um preconceito, mas uma forma de selecionar bons profissionais. Algumas faculdades tem processos seletivos mais fracos e avaliações muito baixas, o que faz com que as empresas tenham preferência pelas de "renome" na hora de escolher seu candidato. Mas será que isso é garantia de qualidade? Todos já ouvimos falar que "quem faz a faculdade é você", mas é importante ter em mente que faculdades com mais prestígio e com professores experientes facilitam o aprendizado e valorizam o currículo do funcionário, fazendo com que este seja selecionado muito mais facilmente. Faculdades com professores com experiência prática formam aqueles profissionais mais bem cotados do mercado: com capacidade de vencer desafios e com excelência acadêmica. A avaliação também pesa na hora de fazer uma boa faculdade: quando o nome de sua faculdade não é muito conhecido, ou a avaliação no MEC não é tão alta, itens preciosos de sua formação podem passar desapercebidos, por pura falta de dedicação da instituição em busca da excelência. Boas universidades podem ser tanto particulares quanto públicas. Basta estar atento à avaliação feita pelo MEC, que mede o desempenho médio dos alunos matriculados regularmente nos cursos, e/ou aquelas bem avaliadas por organismos internacionais, como a ESIC, reconhecida sempre entre as melhores escolas de negócios do mundo. Se a faculdade que você pretende fazer não for tão bem avaliada, talvez seja o caso de reconsiderar a escolha e optar por uma de reputação melhor. Seu currículo e futuro profissional com certeza agradecerão. Uma boa dica também é ouvir a opinião de estudantes e ex estudantes sobre a instituição e o curso que você deseja cursar, pois nem sempre uma avaliação alta é sinônimo de um bom curso, de acordo com suas aptidões. Para evitar decepções, leve em conta a opinião daqueles que estão cursando ou já cursaram a faculdade em questão. Ao final, a escolha é sua, e ela deve ter um equilíbrio entre a boa reputação da instituição e as suas preferências pessoais.

  • MBA é degrau obrigatório para executivo
    MBA é degrau obrigatório para executivo

    Dentre os cursos de pós graduação, o MBA (Master in Business Administration) é aquele que dá retorno mais rápido ao estudante. Ao contrário dos outros cursos de pós graduação, voltados para a área acadêmica, em que o aluno demora mais tempo para ver o seu investimento financeiro e intelectual darem frutos, no curso de MBA o estudante vê o seu retorno quase que imediato após a conclusão do curso. Em uma pesquisa realizada pela empresa de recrutamento Robert Half, 80% dos profissionais que concluíram o curso de MBA receberam um aumento salarial logo após o término do curso. Alguns desses funcionários conseguiram até mesmo dobrar seus salários. O motivo dessa recompensa quase que imediata é que o funcionário, ao fazer uma pós graduação voltada para o mundo dos negócios, mostra engajamento e interesse no trabalho, e pode colaborar de forma mais intensa com a empresa. Em outras palavras: o funcionário parra a ser peça chave no conjunto da empresa, e por isso tende a ser recompensado. Para alguns, o cenário globalizado deu um impulso maior para os cursos de MBA serem mais reconhecidos e valorizados. Em um mundo globalizado a riqueza vem do conhecimento. A pós graduação chega para valorizar o diploma. Profissionais que além do curso de MBA trazem novos diferenciais para a empresa também tendem a ser mais valorizados e bem remunerados. Muitos profissionais já saem da faculdade já pensando em um curso de MBA ou matriculado em um destes. Mas também é preciso trazer inovações e colaborações para a empresa, é preciso se expor a ambientes diferentes daquele que se está acostumado, correr alguns riscos, sair da zona de conforto. Mudar temporariamente de estado e país por exemplo, pode parecer ousadia, mas garante bons resultados ao final. Então, que tal um MBA com experiência internacional? Venha conhecer os módulos internacionais para MBA oferecidos pela ESIC Business & Marketing School? Se você optou pela área corporativa, saiba que a pós graduação em MBA é praticamente uma obrigação atualmente para os executivos. Raramente você chegará ao topo de sua carreira sem cursar um destes cursos. Então, prepare-se e avalie os melhores cursos, voltados para sua necessidade pessoal e profissional.

  • Master Class Novos Modelos Mentais em Finanças Corporativas
    Master Class Novos Modelos Mentais em Finanças Corporativas

    Na quarta-feira, 15 de julho de 2015, às 19:30, ocorrerá o evento Master Class "Novos Modelos Mentais em Finanças Corporativas - Como gerenciar as finanças nas diferentes áreas da organização". O palestrante será Armando Rasoto, Doutor e Mestre em Engenharia de Produção e Administrador especializado em Finanças Corporativas. Clique aqui para fazer sua inscrição gratuitamente.

  • Fazer MBA é bom negócio
    Fazer MBA é bom negócio

    O MBA - Master in Business Administration, ou Mestre em Administração de Negócios, em português, se trata de um curso que oferece excelente formação para o executivo que vai atuar na área de administração, oferecendo estudos sobre várias outras matérias que complementarão o conhecimento do profissional, entre elas: finanças, contabilidade, marketing e também recursos humanos. Lá fora, o MBA é visto como um grau de mestrado. Aqui no Brasil, onde há uma nítida distinção entre carreira acadêmica e corporativa, o MBA é normalmente classificado como uma especialização, "lato sensu" pelo MEC. Devido a essa distinção, há uma característica curiosa no mercado de trabalho nacional, onde graus de mestrado e doutorado são vistos, até mesmo, como indesejáveis por algumas empresas. No entanto, o MBA tem peso no mercado corporativo, sendo muitas vezes visto como o grau mais alto que um executivo deva alcançar. Além disso, as empresas estão operando cada vez mais dentro de um contexto globalizado e ter um curso de prestígio internacional pode fazer toda a diferença, seja na hora da contratação ou mesmo para o profissional que já está empregado mas deseja crescer profissionalmente, na empresa em que já trabalha ou em outras. Algo que a ESIC Business & Marketing School, a Melhor Faculdade Internacional de Negócios, atende perfeitamente. Afinal, trata-se de uma instituição internacional, com módulos que possibilitam estudar e trabalhar no exterior, durante o curso. Com MBAs de 600 horas e MASTERs de 460 horas (conforme determinação do ExecutiveMBA Council), a ESIC oferece uma oportunidade única de cursar um MBA com reconhecimento pelo Conselho Internacional de MBAs, um diferencial considerável para seu curriculum num mundo cada vez mais globalizado e com oportunidades de trabalho internacionais. Até pelas características já mencionadas anteriormente, no Brasil encontramos vários cursos de pós-graduação, mas nem sempre eles agregam tanto valor à carreira como um MBA. Por isso, é preciso pensar bem antes de investir tempo e dinheiro em um novo curso, pois é preciso analisar o se o mesmo vai agregar à sua carreira profissional. Estamos chegando a tal ponto em que o MBA está se tornando quase que indispensável para o profissional, inclusive aqueles que pretendem trabalhar fora do Brasil. Com um MBA, fica muito mais fácil para o profissional experiente conseguir uma oportunidade. Por fim, para investir em um MBA, é importante que o candidato já tenha alguns anos de experiência no mercado, tenha um bom inglês e determinação para os estudos. Mas o resultado compensa. Com o curso, você pode mudar de vida, seja administrando seu negócio de uma maneira profissional ou subindo degraus na escada corporativa.

  • Disciplina de Gestão de Canais de Distribuição – conteúdo programático
    Disciplina de Gestão de Canais de Distribuição – conteúdo programático

    A disciplina de Gestão dos Canais de Distribuição tem como objetivo trabalhar um assunto de extrema relevância e destaque no mundo dos negócios, que é realizar a avaliação de como as empresas se integram para levar produtos e serviços do local de origem de fabricação até o local utilizado para consumo final (consumidor final). Portanto, a boa gerência dos Canais de Distribuição é um elemento fundamental para a estratégia comercial. O curso específico de gestão de canais de distribuição, oferecido por diversas entidades de ensino, possui um vasto conteúdo programático: - Conceito e Evolução de Canais de Distribuição; - Estratégias de Distribuição para Corporações e para o Varejo; - Tipos de Canais; - Técnicas de Atacado e Varejo; - Desenho de Canais; - Seleção de Participantes; - Gestão de Canais; - Os Preços na Gestão do Canal; - Conflitos entre Canais; - Instituições de canais de distribuição - franquias; - Gestão da Equipe; - Canais Eletrônicos; - Decisões sobre Canais baseados no Comportamento de Compra; - Microambiente; - Tópicos Emergentes. O referido curso amplia muito as oportunidade de empregos com excelentes salários. E faz parte da grade do curso superior em Administração, ministrado pela ESIC Business & Marketing School, a Melhor Faculdade Internacional de Negócios. Venha ter uma formação completa. Faça o Vestibular ESIC e conte com os melhores professores do mercado para alcançar o sucesso em sua carreira.

  • A chave do sucesso na carreira executiva
    A chave do sucesso na carreira executiva

    O mercado está exigindo cada vez mais dos seus profissionais, por isso, as instituições se veem obrigadas a oferecer diferenciais para capacitar melhor os seus alunos

  • RELEASE: WORKSHOP VENCENDO NA CRISE
    RELEASE: WORKSHOP VENCENDO NA CRISE

    O que os mais diferentes empresários, de ramos completamente distintos, fazem e recomendam para driblar a crise.

  • Bolsas, Financiamentos e crédito estudantil

    Conheça as formas de financiamento disponíveis e os editais de bolsa de estudo oferecidas pela ESIC Business&Marketing School.

    Ver +

Depoimentos de Alunos Internacionais ESIC